Seguidores

domingo, 22 de março de 2015

Necessaire Chevron e uma Super dica

bolsinha de crochet em ponto baixo e cores

Precisava de duas bolsinhas uma para pendrives; fones; cabos; baton e outra  para meu Smartphone. No meu trabalho não gosto de ficar mexendo muito na minha bolsa, então essas necessaires são muito úteis porque ficam sempre a mão com as coisinhas que preciso no dia a dia.

Queria trabalhar com cores e resolvi fazer com o padrão CHEVRON ou Zigue-zague. É um padrão muito comum nos blogs de artesanato. Um clássico! 

bolsinha de crochet em ponto baixo e cores

Comecei calculando como ficaria o padrão com as cores que escolhi. Para isso utilizei meu caderno quadriculado e lápis de cor.

Gostei do resultado!
Então, parti para ação!

Trabalhei em ponto baixo de forma circular com a linha amarela. Quando  o círculo alcançou 73 pontos, comecei a  trabalhar com as cores do gráfico. Usei linha Cléa (duplo) e Anne.
Depois foi só seguir o esquema em ponto baixo tomando o cuidado com as trocar de cores.
Confesso que é meio chato ficar trocando de cor toda hora. O progresso do trabalho é mais lento.
A técnica que usei para fazer as trocas de linhas foi a de fazer o ponto baixo por cima das linhas que estão a espera.

bolsinha de crochet em ponto baixo e cores

A segunda bolsinha preferi fazer toda em 1 carreira em ponto baixo  e a outra carreira fiz 2 pontos baixos e um ponto baixo pegando na carreira debaixo. Mais rápido. 


Resolvi forrar com malha porque queria aprender uma técnica de costurar malha com máquina de costura comum que vi no Super Ziper, da Claudia e da Andréa.

Eu tenho um bom corte de malha amarela em casa. Acho até que escolhi as cores das bolsinhas para ter a oportunidade de usar estas dicas preciosas.
Tenho que dizer, sim,  dá para costurar malhas com máquina de costura comum. A dica do Super Ziper é muito boa, Utilizei a agulha indicada e aproveitei também o comentário da Alessandra  Masso que usa linha de overloque na bobina.
E olha que minha máquina é bem antiguinha: é uma Singer Prêt-à-Porter. O nome pode até ser chic, mas ela, coitadinha, só faz costura reta e zigue-zague.

*******


Usei a técnica nessa blusa da Isabela que estava larga debaixo do braço. Como eu estava louca de vontade de ver se daria certo, usei a linha de overloque branca (só tinha em casa branca ou preta), a linha de costura comum usei cinza. Amanhã compro a linha de overloque cinza e substituo.
Deu muito certo, também! Dá para fazer pequenos consertos em malhas com máquina de costura comum!

8 comentários:

Crocheteando...momentos! disse...

As peças ficaram encantadoras!
Estou a fazer algo parecido para as minhas agulhas em crochet e tricot!
Boa dica...e boa semana!!!

Dona GAM (GAM DOLLS - 2) disse...

BOM DIA, COLEGA GLADYS!
QUE LINDEZA DE PONTOS, MENINA! O EFEITO FICOU LINDO, PARABÉNS! :)
EI, MOÇA!
VENHA ESPIAR QUE GRACINHA MINHA MAIS NOVA POSTAGEM, ESTÁ "PURA FOFURA", CONFIRA!
FICAREI FELIZ COM TUA VISITINHA E COMENTÁRIO.
TENHA UMA LINDA NOVA SEMANA.
ABRAÇÃO PRA VOCÊ! :)

Manuela disse...

Olá

Adorei os dois modelos, o ponto baixo com vários tons parece-me difícil, mas gostava de experimentar, gostei da ideia.
Parabéns ficaram duas bolsas super bonitas.

Manuela

O meu pensamento viaja disse...

Gladys, as bolsinhas ficaram lindas. Sei do que fala quando fala que o processo é lento. A mimnha manta dos corações é a prova provada.
Também subscrevo a newsletter do blog superziper, sempre com dicas preciosas. Vou lá espreitar a técnica da malha.
Beijo

Claudia disse...

Adorei as bolsinhas de crochê! e sou fã do chevron! :)
bjos!

Joana disse...

Oi Gladis, ficou linda essa trama, estou tentando tomar coragem para fazer uma bolsa Wayuu que eu adoro e que usa essa técnica de fio conduzido. Tem razão, é bem chatinho, mas o resultado compensa. Bj
Joana

Joana disse...

Eu de novo. Esqueci de responder a pergunta que vc fez sobre o bate pedra. No armário de cozinha que eu pintei eu não usei esse produto porque a madeira estava em perfeito estado, não tinha falhas para cobrir. Bj

Rosangela disse...

Ficaram lindas e com certeza valeu todo o trabalho que deu.
Parabéns.
Obrigada pelas dicas de costura, foram preciosas.
Outro processo lento é esse negócio de dor no ombro,sei bem o que é isso. Mas com certeza logo logo vc estará bem melhor.
Saudades.
Linda semana para todos aí.
Beijo.