Seguidores

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Cesto Endurecido

Semana passada vi no Copy & Paste esta postagem. Embora os apliques sejam fofinhos eu me apaixonei foi pela cestinha. Fiquei doida para fazer. Sei que poderia fazer com as linhas que tinham em casa. Eram só utilizar fios duplos ou triplos, de acordo com o tamanhos ou o efeito que desejasse. Mas eu queria fazer de barbante e barbante azul. Na primeira oportunidade que tive passei no armarinho que fica entre o meu trabalho e minha casa. Não conhecia barbantes e aceitei a opinião da vendedora, embora que levei em consideração a cor que eu queria.  
Comprei o barbante abaixo, não sei se é o melhor, mas gostei de trabalhar com ele. Utilizei uma agulha mais fina do que a recomendada no rótulo. Usei a 2,00mm porque queria o ponto bem apertado. 

Comecei com um anel ajustável (já postei aqui como fazê-lo). E fiz 11 pontos baixos em torno do anel. Puxei o fio e ajustei até ficar perfeito.

2.carreira: trabalhe 2 pontos baixos em cada ponto baixo.
3.a carreira: no 3.° ponto trabalhe 2 pontos baixos.
Prossiga trabalhando dessa forma.
O número da carreira indica de3 quando em quando os pontos devem ser aumentados, ou seja, na 4ª carreira fazer 2 pontos baixos no 4º ponto, e assim sucessivamente.
 Os aumentos devem ser distribuídos por igual durante a execução da carreira. Começo e fim encontram-se no mesmo lugar.


Escolhi um pote (pode ser vidro, lata ou quaisquer outros recipientes que você tiver em casa). E comecei a medir o tamanho do fundo.


Fui aumentando o círculo de crochê até cobrir totalmente o fundo do pote.


Agora é só construir a parede lateral, em ponto baixo sem aumentos até a altura desejada, mas não esqueça de deixar o fundo do pote com o lado direito do ponto voltado para dentro do mesmo. Lembrando que ainda tem um passa-fita.

Como eu queria bem firme a lateral do pote resolvi fazer o passa-fita todo em ponto alto (me arrependi desta escolha recomendo que vocês façam 2 pontos altos e 1 correntinha).
Fiz como acabamento ponto caranguejo.



Fiz dois cestinhos um para cada filha. Pensei que seria bom ter na mesa dos computadores delas para por fones, cabos USB, cabos de Máquinas fotográficas. É sempre bom estas parafernálias ficarem a mão.

Agora vamos começar o processo de endurecer:

Protegi os potes (base) com filme de PVC.


Como eu comentei, anteriormente, eu fiz ponto alto para o passa-fita, mas agora eu tenho que endurecer e para os pontos não colarem resolvi passar o filme de PVC como se fosse uma fita (depois eu vou substituir com uma fita bonita.

Fiz uma pesquisa na internet para descobrir o melhor método de endurecer o crochê. São várias as formas.  Eu achei melhor a que as artesãs chamam de termolina caseira que vi aqui. Mas quando fui fazer descobri que minha cola não estava em condições de ser usada.

Então, nova pesquisa e descobri a receita com açúcar que parece excelente. Mas confesso que fiquei preocupada com formigas, moro em apartamento e não ia gostar nenhum pouco de ver minha área infestada de formigas. Quem quiser experimentar está neste blog.

A que usei: 


Descobri em vários blogs a receita do amido de milho:
250 ml de água
2 colheres de amido de milho
Leve ao fogo até engrossar e ficar transparente. Tire do fogo e acrescentar 100 ml de água e 2 colheres de álcool. Mexa bem e mergulhe a peça a ser endurecida. Encaixe bem no pote base e paciência, muita paciência, porque tem que esperar secar à sombra e só pode desenformar depois de totalmente seco.


Quando estiver seco e com a fita - quero a fita branca e preta - mostro aqui no blog.


Resultado final AQUI
Já vou avisando que não gostei do efeito da goma de Amido de milho. 



7 comentários:

Maria Filomena disse...

Gladys,
uma matéria completa...só não faz quem não quer...
e a cor azul do barbante é muito bonita....

abraços, com o meu muito obrigada pela bela aula...

de MF

Cauê Santos disse...

Oi Gladys !
Mas então, tu sabes que eu vi um comentário teu em outro blog, mas acabou que me distraí e acabei não chegando aqui.
E agora percebi teu comentário lá no blog.
Que sintonia legal !
Gostei muito do teu espaço. Fiquei muito curioso pra ver o tricô perfeito ! Hehehehe
Achei que fosse um blog exclusivo de tricô. Mas tem crochÊ tb, que é mais a minha praia.
Te achei bem detalhista, pelo que vi tu é bem perfeccionista.
Procuro ser assim, as vezes consigo.
Eu também uso o barbante Supremo. Ele é realmente bom.
Se tu for comparar o Supremo e o São João, que são bem conhecidos, tu vais ver que o Supremo é mais firme, e o trabalho dele fica mais rigido, e é melhor pra certos trabalhos, tapetes, capas, jogos de banheiro. O São João é mais flexível, e fica melhor em toalhas, guardanapos.
Pelo menos é minha análise dos dois.
To levanto teu link pro meu blog, assim não perco o contato.
Beijo no coração,
Cauê

Michele Sant'Ana disse...

Oi Gladys!
Menina... adorei a cor do barbante, já estou curiosa para ver o trabalho pronto com as fitas hehehe
O modo de execução também está claríssimo, impossível não fazer!
Abraços

Entrelinhas disse...

Olá Gladys,
Adorei o PAP, sempre quiz fazer crochê endurecido...agora vou me arriscar...rsrss
Obrigada por partilhar...

Beijinhos,
Vera

VIRGINIA MONTEIRO disse...

ola Gladys
gostei como fez o endurecedor, vou experimentar.
beijinho
virginia

http://recadinhosdesonhos.blogspot.pt/

Carolina disse...

Oi Gladys, seu post caiu do céu! Estou fazendo crochet endurecido nos últimos dias, mas com uma resina que eu já comprei pronta. Ela é boa, mas acho que não rende muito e, como eu não queria ficar comprando a toda hora, já ia sair a procura de receitas caseiras...ainda bem que vi seu post antes! Muito obrigada pela ajuda amiga! Sua cestinha ficou super linda.
beijinhos e boa semana :)

Gladys Perfeito disse...

Oi, Carolina!
Acabei de ler o seu comentário no meu blog e queria te passa a minha experiência com as receitas caseiras que usei com crochê endurecido:
Eu fiz primeiro aquela com goma (aquela com amido de milho) e não gostei porque o meu cesto tem uma cor forte e ele alterou muito a cor. Ficou feio.
Aí lavei, tirei a goma e fiz aquele que está no meu blog com cola. Este sim, não alterou a cor e endureceu do modo como eu queria. Gostei muito.
O de açúcar ainda não experimentei, mas acho deve ser ótimo porque conheço pessoas que utilizam (pessoas que vendem artesanato) e dizem que é econômico, fácil de fazer e não altera a cor.
Espero que tenham sido útil as informações.
Devo postar hoje o pote pronto.
Um beijo